domingo, 8 de dezembro de 2013

Panorama Político (8) - O Globo (Ilimar Franco

Unanimidade             

           A oposição não está só. Os governistas também criticam a condução da economia. Acusam o ministro Guido Mantega (Fazenda) de errar na mão. Citam a perda de receitas com a desoneração seletiva; a intervenção excessiva na economia (preços da Petrobras, tarifas públicas e concessões); e o arbítrio na indenização de ativos do setor elétrico. Na incerteza, investidores pisam o pé no freio.
A ordem é evitar o esvaziamento
Os presidentes da Câmara, Henrique Alves, e do Senado, Renan Calheiros, têm um desafio pela frente. Para garantir que o “G-20 Parlamentar”, que ocorrerá no começo de junho no Brasil, não seja esvaziado, eles precisam fechar uma pauta que interesse a todos os participantes. Os Estados Unidos e a Europa boicotaram o encontro anterior, realizado no México. O tema foi a questão ambiental, inibindo os não signatários do Protocolo de Kyoto. “Temos que construir uma pauta multilateral, que agregue, que não seja excludente”, resumiu o senador Romero Jucá, que como o deputado Cândido Vaccarezza, deve integrar a comissão organizadora.

“Até março o ‘Mais Médicos’ vai ter 13 mil médicos. Já temos 6,5 mil. Se precisar, vamos ampliar o convênio com o Ministério da Saúde de Cuba”
Alexandre Padilha
Ministro da Saúde

Na trilha de Lula
A presidente Dilma reservou o dia 19 para ir a São Paulo. Ela vai celebrar o Natal com os catadores de papel e a população de rua, tradição herdada de seu antecessor. O ex-presidente Lula, como nas vezes anteriores, deve acompanhá-la.


Promoção
No terceiro mandato na Câmara, o deputado Vicentinho (SP) é o nome mais forte para suceder José Guimarães (CE) na liderança da bancada. Foi duas vezes presidente da CUT e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, sucedendo o ex-presidente Lula. A discrição é a principal caraterística em dez anos de mandato.

Servindo em fatias
O governo Dilma segue a cartilha de Maquiavel para faturar com o PAC Mobilidade. Depois de ter anunciado obras do programa em várias capitais, chegou a vez de levar a boa-nova para Belo Horizonte. A festança será nos próximos dias.

Só pensa nissoA ministra Marta Suplicy (Cultura) tem mandado emissários ao Ministério da Educação para saber tudo sobre andamento de programas, orçamento, metas e medidas a serem anunciadas. Como a pasta deve vagar, já que Aloizio Mercadante vai para a Casa Civil ou coordenação da campanha da presidente Dilma, a petista está se articulando.
Ela tem a força
O ministro Alozio Mercadante teve que voltar antes de viagem à Espanha, semana passada. Viajou quarta-feira para lançar livro, onde ficaria até domingo. Mas a presidente Dilma determinou que voltasse para as reuniões com PMDB e PP.

Dando as cartas
Candidato do Planalto ao governo de Pernambuco, o senador Armando Monteiro (PTB) ganhou poderes no Ministério da Integração. Diretores da Codevasf apresentaram a ele programas em andamento e prazos das obras.

O PMDB se entendeu em Goiás. O empresário Júnior, da Friboi, concorrerá ao governo e o ex-governador Íris Rezende, ao Senado.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial