sábado, 24 de maio de 2014

PANORAMA POLÍTICO (24) - O GLOBO - ILIMAR FRANCO

O voto evangélico
               O candidato Eduardo Campos já começou a receber os primeiros informes sobre o peso da presença de Marina Silva como sua vice. Em alguns estados, as intenções de voto no socialista chegam a triplicar nas pesquisas. Eduardo dá a volta por cima nas regiões metropolitanas, onde é forte a penetração das igrejas evangélicas. Mantida a tendência, será vigoroso o embate na oposição.
Quem encarna a oposição?A pesquisa Ibope foi bem recebida no PSB. Na disputa pela bandeira da oposição, destacam que Eduardo Campos (11%), está acima de Marina Silva (9%) na mesma época em 2010. Enquanto isso, Aécio Neves, com (20%), figura muito abaixo do desempenho de José Serra (37%) em 2010. Ele está do tamanho de Geraldo Alckmin (19%) em 2006. A presidente Dilma aparece no patamar dos que avaliam que seu governo é ótimo ou bom. Seu crescimento depende da melhoria desta avaliação. Mas consideram impressionante Dilma estar no mesmo nível de seu desempenho de 2010. Pois, naquela época, o país crescia a 7% e o governo Lula tinha cerca de 80% de aprovação.
“Para aqueles que querem calar a Polícia Federal é bom saber que existem 600 operações em andamento. A maioria com previsão de ser deflagrada ainda neste ano.”

Marcos Leôncio Ribeiro
Presidente da Associação dos Delegados da PF

Sem jogo de cintura
Na Copa, os motéis de várias capitais serão usados como hotel. O governo convenceu seus proprietários a cobrar diária, e não por hora. Mas a Justiça e o Ministério Público não flexibilizaram a proibição de crianças nesses estabelecimentos.


Yes, I want It
Os Estados Unidos terão um torcedor inesperado na Copa. O ministro Vinicius Lages (Turismo) quer os americanos na final, de preferência contra o Brasil. Ele acredita que se isso acontecer, além do vice, John Biden, que já confirmou presença nos jogos, o presidente Barack Obama poderá também vir assistir àquela partida no Maracanã.

Onda de lançamentos
A presidente Dilma reforçará três programas chave de seu governo na campanha da reeleição: o Minha Casa Minha Vida, o Pronatec e o Mais Médicos. Nos dias que antecedem a Copa, serão anunciadas ampliações dessas iniciativas.

Levanta, sacode a poeira
A Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal, o fez renunciar ao governo em 2010. Mesmo assim, o ex-governador José Roberto Arruda (PR) lidera pesquisa para o governo de Brasília. No Instituto O&P, ele tem 23,9%, contra 16,2% do governador Agnelo Queiroz (PT) e 9,9% do senador Rodrigo Rollemberg (PSB).

Pela porta aberta
O PP anuncia seu apoio à presidente Dilma na semana que vem. Mas os diretórios regionais foram liberados. Hoje, em Porto Alegre, o tucano Aécio Neves vai ao lançamento de sua candidata ao governo estadual, senadora Ana Amélia (PP).

O corpo fora
Sobre a posição da direção do PMDB do Rio, a favor de Aécio Neves, o líder na Câmara, Eduardo Cunha, registra que não tem autorização para falar pelo PMDB fluminense. E, que não vai ao ato do movimento suprapartidário pelo tucano.

O ambiente mudou. Mas a esta altura, em 2010, Dilma tinha 36% e os candidatos da oposição 48%. A presidente só cresceu em agosto com a TV.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial