domingo, 22 de junho de 2014

PANORAMA POLÍTICO (22) - O GLOBO - ILIMAR FRANCO




O governo prepara documento sobre a realização da Copa crítico à Fifa, para entregar à Rússia, que sediará os jogos em 2018. Fontes encarregadas da tarefa, se reuniram com dirigentes da África do Sul, que se somaram aos questionamentos aos métodos da entidade. "Não vamos polemizar agora para não reascender a polêmica, mas há muita coisa errada", diz um ministro.

Boca no trombone
O documento deverá ser debatido no âmbito do IBAS (Índia, Brasil e África do Sul), para incluir os problemas enfrentados pelos africanos com a Fifa e, depois junto aos Brics (Brasil, Rússia, Índia e China). A intenção do Brasil é fazer alerta aos países que querem ser sede da Copa, e à Fifa, mostrando que precisa reavaliar sua conduta para realizar a Copa em nações democráticas e com controle social. As críticas vão da relação autoritária da entidade, à terceirização da festa de abertura, considerada de "péssimo gosto", à dificuldade de comprar ingressos, até à falta de comida e de segurança nos estádios.


“O Brasil fez a parte dele. Agora a Seleção Brasileira precisa fazer a parte dela.”
José Guimarães
Deputado federal (PT-CE)


Rolando Lero
O PSD está incomodado com o governador Geraldo Alkmin (PSDB-SP). O acusa de enrolação, dando a vice ao PSB, sem comunicar Gilberto Kassab. O tucano, dizem pessedistas, faz o partido perder um tempo crucial.


#celebs
O ex-jogador de vôlei Giovani Gávio será um dos puxadores de voto em Minas para a Câmara. Outros partidos também têm os seus na manga. O PMDB em SP, por exemplo, lançará a apresentadora de TV Luiza Mel e Samantha Moraes, ex-mulher do namorado de Bruna Surfistinha. Fernando Scherer, o ex-nadador Xuxa, sairá pelo PSB.


Quem não tem cão
A alternativa do PSD tende a ser o apoio a Paulo Skaf (PMDB), desde que reaberta a chapa, pois o PDT ocupa a vice e os pessedistas não demonstram interesse pelo Senado. O partido pode também manter a candidatura ao governo.


Está valendo
O Marco Civil da Internet começa a vigorar nesta segunda-feira. Todos os dados passarão a ser arquivados e podem ser requisitados por ordem judicial. Não pode mais haver discriminação de acesso, valendo a neutralidade da rede, e será mais difícil retirar conteúdo do ar. A Justiça deverá ser acionada, não só o site.


Fator Aécio
Uma das maiores preocupações do PT é a eleição da presidente Dilma no Rio. Há consenso de que não será um passeio, como em 2010, porque o tucano Aécio Neves terá desempenho bem superior ao de José Serra há quatro anos.


De olho
A equipe de campanha de Dilma chegou a pensar em montar comitês suprapartidários no Rio, com apoio de empresários e intelectuais. Como o cenário não é favorável, a ideia foi descartada para acompanharem o estado mais de perto.


PCdoB, do candidato Flávio Dino ao governo do Maranhão, terá vice do PSDB e a vaga ao Senado ao PSB. PT ficará com Lobão Filho (PMDB).

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial