quinta-feira, 26 de junho de 2014

PANORAMA POLÍTICO (24) - O GLOBO - ILIMAR FRANCO




Os diretórios do PP de Minas Gerais e do Rio Grande do Sul lideram a rebelião contra o apoio à reeleição da presidente Dilma. Ontem, fizeram um documento para apresentar na convenção pedindo que o PP fique neutro na eleição presidencial. Ganharam adesões do Rio, Ceará, Paraná, Santa Catarina, Goiás e Amazonas. Não deixarão a Executiva decidir sem votação.
Devagar, devagarinho
“A expectativa do poder futuro tem um magnetismo maior do que o poder presente.” A frase de Tancredo Neves vem sendo usada esta semana pela cúpula tucana para convencer partidos aliados à presidente Dilma a abandonarem o barco. O presidenciável Aécio Neves intensificou conversas com PP e PSD, pedindo que fiquem neutros na disputa, o que seria uma vitória para os tucanos, já que Dilma deixaria de somar o tempo destes dois partidos na propaganda de TV. O PSDB aposta nas divisões internas do PP e do PSD, já que os presidentes Ciro Nogueira e Gilberto Kassab decidiram o apoio à Dilma de cima para baixo.

“Ninguém quer assumir a pressão porque todos empenharam a palavra de dar apoio à reeleição da presidente Dilma.”

Saulo Queiroz

Secretário-Geral do PSD


O mediador
O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), foi decisivo na guinada dada pelo PTB, que abandonou o barco da reeleição da presidente Dilma para apoiar Aécio Neves (PSDB). ACM manteve conversas diárias semana passada com o presidente do PTB, Benito Gama. O democrata vai ser uma das estrelas da convenção petebista, sexta, na Bahia.

Dilma contra o baixo-astral
Trecho do discurso da presidente Dilma, sábado, na convenção do PT, lembrou um filme da apresentadora Xuxa: “Nossa campanha precisa ser uma festa de alto astral. Abaixo o pessimismo e o baixo astral!” A plateia riu e aplaudiu.

Linha de frente
Os candidatos a governador do PT Alexandre Padilha (SP), Lindbergh Farias (RJ), Gleisi Hoffmann (PR) e Fernando Pimentel (MG) ganharam tratamento diferenciado dos demais na convenção. Ficaram na primeira fila do palco.

Diferença de classes
Os dirigentes petistas foram divididos em duas categorias, sábado, na convenção do partido: os vips, com acesso a uma sala onde foram servidos quitutes, sucos e café; e a classe econômica, só com água. E os delegados tiveram apreendidos biscoitos, frutas e barras de cereal que carregavam na bolsa por questão de segurança.

Sopro de lucidez
O ministro Moreira Franco telefonou para o colega Gilberto Carvalho parabenizando-o por falar do governo de forma sincera. “Devemos nos unir para restabelecer um padrão de sinceridade nas nossas análises”, disse Moreira.

Desfalque no santinho
Apesar de manter apoio à Dilma Rousseff, Armando Monteiro (PTB-PE) reúne-se hoje com articuladores para rever sua estratégia. Por conta da aliança nacional com o PSDB, não poderá usar imagem de Dilma nas propagandas de TV e rádio.

O Plano Nacional da Educação será sancionado amanhã pela presidente Dilma em cerimônia às 9h, no Palácio do Planalto.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial